Os Surdos na Escola Regular: Inclusão ou Adaptação

O advento de novas ópticas nas políticas publica do Brasil vem produzir uma serie de legislações que visam incluir os alunos com necessidades educacionais especiais em escolas regulares. Referindo-se aos alunos com deficiência auditiva a falta de aulas adaptadas somados a ausência de formações especializadas para o ensino dificulta o processo de ensino e aprendizagem destes alunos surdos.

A escola é o primeiro local onde se deve aprender como proceder com a inclusão, sendo um ambiente que amplie em seus alunos o desenvolvimento nas suas múltiplas dimensões cognitivas e desta forma preparar o discente para a vida produtiva na sociedade, rompendo barreiras que historicamente estão intrínsecos na população que mesmo com as conquistas de vários direitos assegurados por leis continuam sendo discriminados.

A escola Inclusiva deve esta baseada no direito a educação, no direito a igualdade de oportunidades para todos os seus membros atendendo a individualidade de cada aluno e suas necessidades educacionais especiais.

“escola inclusiva busca a possibilidade de um comprometimento não com o código de valores da sociedade atual, mas com o ser humano e com sua potencialidade, a partir da escuta de suas singularidades e especificidades.”(RODRIQUES, 2007, p27)